#FundoNAMI 2015: Mural Jovem Negro Vivo


Unindo as ideias centrais do programa #AfroGrafiteiras e o projeto “Jovem Negro Vivo”, da Anistia Internacional, as #AfroGrafiteiras J. Lo Borges, Patrícia de Souza, Ellen Alves e Ymaraz Almeida elaboraram um croqui e pintaram um mural que representa o futuro da juventude afro-brasileira que desejam, sem deixar de dialogar com passado e presente dos negros de nosso país.

Ellen Alves trabalhou a inocência e os desejos do jovem negro, que sopra as bolhas de sabão com mensagens positivas; Patrícia de Souza quis dar um maior foco na representatividade feminina e valorizar seus cabelos afro, simbolizando liberdade e resistência; J. Lo Borges decidiu trabalhar a questão do envelhecimento e das marcas que eles causam ao corpo negro, misturando tristeza com a alegria das cores em um retrato em pop art de sua falecida avó. Para unir as artes, Ymaraz Almeida idealizou flores coloridas, que se focam em maior quantidade próximas às imagens de negros e negras jovens, representado a beleza e o valor da juventude negra.