CONTATO >

T: (21) 2285.4299

F: (21) 99831.0939

E: taligado@redenami.com

Assine nossa newsletter e fique por dentro!

© 2018 por Rede NAMI.

Rua Tavares Bastos, 283, casa 2, Catete, Rio de Janeiro.

"A NAMI é uma rede de mulheres

que usa as artes urbanas

para promover

os nossos direitos"

#AfroGrafiteiras 2018: Turmas iniciantes - Módulo III

August 14, 2018

No dia 7 de julho, as #AfroGrafiteiras tiveram um INTERNAMI no Museu da República. Guiadas pela historiadora negra, e coordenadora de educação do Museu, Ana Paula Zaquieu, as participantes puderam conhecer e revisitar o espaço que guarda diversas memórias da formação da república brasileira de uma perspectiva quase nunca explorada: a do povo negro.

As participantes tiveram muito interesse também em saber mais sobre a arquitetura do prédio, as obras de arte ali abrigadas e sua conservação.

 Em seguida, as participantes receberam Carmem Corato. A palestrante foi ensinar um pouco da História do Povo Preto que não se aprende na escola, então falou sobre autores, escritores, militantes, filósofos e artistas negros que o sistema de ensino brasileiro segue invisibilizando. As participantes puderam conhecer alguns livros levados pela palestrante, escritos por mulheres negras como Angela Davis e Conceição Evaristo. Saíram de lá com muito para pensar e pesquisar e um novo horizonte aberto de referências.

 Na oficina seguinte, se aprofundaram em um assunto já antes explorado: os tipos de letra no graffiti. Com base na oficina anterior, elas desenvolveram bombs (letras estilizadas de forma arredondada e colorida muito utilizadas no graffiti) com nomes de mulheres que admiram em suas vidas, na história, na arte, etc.

 

Depois disso, foi a vez de Yasmin Ferreira, mais conhecida como Yaya, conversar com as participantes. Yaya é estudante de Pintura, grafiteira e faz parte da #EquipeNAMI, ela foi falar um pouco sobre Teoria da Cor e como melhor elaborar cromaticamente seus graffitis a partir de contrastes e harmonias.

Na semana seguinte, as #AfroGrafiteiras foram enfim passar todo o conhecimento adquirido para o muro. É surpreendente o avanço que elas tiveram com as técnicas e conceitos do graffiti:

 

   

  

 

 

Please reload

Please reload

Please reload

Please reload